Prefeitura decreta situação de emergência para o uso de água potável em Viçosa


Estudos técnicos apontam que a água nas duas represas tem volume de captação para mais 36 dias. Descumprimento de restrições pode gerar multa para cidadãos. Represa fica no campus da Universidade Federal de Viçosa (UFV)
CCS/UFV
A Prefeitura de Viçosa decretou situação de emergência para o uso de água potável no município. A informação foi divulgada no início da noite desta quarta-feira (11) pela assessoria de comunicação após monitoramento feito junto ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae).
Segundo o diretor do Saae, Luciano Piovesan, a equipe se reuniu nesta segunda-feira (9) com representantes da Pró-Reitoria de Administração da Universidade Federal de Viçosa (UFV) para tratar sobre o monitoramento da vazão da Bacia do São Bartolomeu.
“Neste momento de estiagem, o Ribeirão São Bartolomeu está vertendo 10 litros por segundo. A captação é de 11 litros por segundo pela UFV e 30 litros por segundo pelo Saae. Consequentemente, o que está chegando é menor do que é captado”, explicou Piovesan.
Estudos técnicos apontam que a água nas duas represas, Funarbe e Centreinar, tem volume de captação para, no máximo, mais 36 dias. A situação tem ainda o agravamento por conta da previsão de prolongado período de estiagem, o que dificulta no abastecimento.
O que não pode
A partir da publicação do decreto fica proibido a população de
lavar calçada com uso contínuo de água;
molhar logradouros públicos;
lavar veículos em residências;
outras formas de desperdício
Quem descumprir pode pagar uma multa de R$ 508,40. As denúncias podem ser feitas, anonimamente, pelo telefone (31) 3899-5600.
Reformas nos reservatórios
Em abril, o G1 mostrou que reformas no principal reservatório de água de Viçosa foram concluídas. O local é responsável pelo armazenamento da água tratada pela ETA II – Violeira.
As obras foram iniciadas em fevereiro deste ano, após um monitoramento que diagnosticou a necessidade do reforço na estrutura do reservatório. A previsão inicial era de que os trabalhos fossem concluídos até o mês de maio, mas as obras terminaram ainda antes do previsto.
Reforma em reservatório em Viçosa foi concluída
Saae/Divulgação
Source: http://g1.globo.com/dynamo/rss2.xml

Loading...