Prefeito de Nova York deve anunciar candidatura presidencial nesta quinta

O prefeito de Nova York, o democrata Bill de Blasio, deve anunciar, nesta quinta-feira 16, sua candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos de 2020, engrossando ainda mais a lista de concorrentes democratas, segundo informaram nesta quarta-feira meios de comunicação locais.

Após dias de especulação sobre sua participação nas primárias democratas, uma fonte da sua campanha declarou à emissora “NBC” que o anúncio oficial será feito nesta quinta-feira, enquanto a “ABC7” detalhou que De Blasio aparecerá amanhã junto com sua esposa no programa matutino “Good Morning America“, embora o prefeito possa antecipar formalmente sua decisão pelas redes sociais.

“Nunca me candidato a nada sem ter a intenção de ganhar. E podem olhar meu histórico, nunca fui favorito em nada”, comentou o prefeito nova-iorquino recentemente ao ser perguntado sobre uma eventual candidatura à presidência.

No mês passado, De Blasio se envolveu em uma polêmica com o presidente Jair Bolsonaro, a quem chamou de “racista, homofóbico e destrutivo”, e afirmou que ele não era bem-vindo em Nova York para receber uma homenagem.

De Blasio, de 58 anos e prefeito de Nova York há seis, deverá fazer o anúncio formal nesta quinta e depois iniciar uma viagem de quatro dias com várias paradas pelos estados de Iowa e Carolina do Sul.

Em Iowa, De Blasio e sua esposa, Chirlane McCray, se reunirão com o prefeito de Des Moines, com a Asian Latino Coalition e visitarão uma escola, segundo o jornal “The New York Post“. No sábado, De Blasio viajará para a Carolina do Sul e passará pelas cidades de Columbia e Charleston, enquanto no domingo estará na formatura do seu filho na Universidade de Yale.

O prefeito de Nova York, que foi reeleito com folga para o cargo em 2017, estava evitando se pronunciar sobre a pré-candidatura, embora já tivesse prometido uma decisão para este mês de maio.

Uma pesquisa da Quinnipiac University datada de abril indica que 44% dos eleitores nova-iorquinos aprova sua gestão, mas 76% não considera conveniente que concorra à presidência.

A publicação, que cita três fontes conhecedoras dos planos do político, disse que a campanha pode ser lançada na próxima quarta-feira, quando o democrata completará 58 anos.

De Blasio ficou marcado por impulsionar políticas progressistas na maior cidade dos EUA, com 8,6 milhões de habitantes, centradas principalmente na luta contra a desigualdade, que foi o eixo da sua campanha em 2014. Entre os mais de 20 pré-candidatos das primárias democratas se destacam o ex-vice-presidente Joseph Biden, os senadores Bernie Sanders, Kamala Harris e Elizabeth Warren e o ex-congressista Beto O’Rourke. 

Bill de Blasio nunca escondeu que planeja concorrer às primárias do Partido Democrata. Questionado sobre o assunto, ele disse nesta semana que tomaria uma decisão em maio.

“A decisão final, como falei, é pessoal e familiar, mas também faz sentido olhar para outra informação”, comentou na quarta-feira em entrevista coletiva.

Nos últimos meses, De Blasio visitou Iowa e New Hampshire, dois dos primeiros estados que votam nas primárias. Aproveitando a oportunidade, a equipe do democrata fez pesquisas entre eleitores de Iowa.

Caso seja confirmada a candidatura, o prefeito de Nova York se somará a mais de 20 candidatos à indicação democrata, entre eles o ex-vice-presidente Joe Biden, os senadores Bernie Sanders, Kamala Harris e Elizabeth Warren e o ex-congressista Beto O’Rourke.


Source: http://feeds.feedburner.com/noticiasveja?format=xml

Loading...