Polícia busca pelos responsáveis pela morte de gerente da Shell no Rio

RIO — A polícia busca por informações sobre os envolvidos na morte do gerente da Shell Vagner Franco que, após ter desaparecido, foi encontrado morto, neste domingo. A família não sabia de seu paradeiro desde a última quinta-feira. Para ajudar as autiridades na busca, o Portal dos Procurados, do Disque-Denúncia, lançou o cartaz “Quem matou?”, que estampa o rosto da vítima.

Vagner desapareceu por volta das 11h30m, após deixar a mulher num estúdio fotográfico no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio. Ele alegou que iria comprar um café da manhã para a filha. A família, ao perceber seu sumiço, fez uma campanha em redes sociais pedindo informações sobre ele e registrou o caso na Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA).

No domingo, os parentes souberam que um corpo havia sido encontrado em Rio das Ostras. Eles foram até o Instituto Médico-Legal (IML) de Macaé, no Norte Fluminense, onde reconheceram Vagner. Ele havia sido encontrado com marcas de tiros e uma facada, com as mãos amarradas.WhatsApp Image 2019-02-11 at 15.41.08.jpeg

A polícia investiga uma informação de que este estaria com dívidas, com cerca de R$ 100 mil bloqueados em sua conta. Por isso, além da Shell, ultimamente estaria trabalhando como motorista de aplicativo. violencia

Em nota, a Shell lamentou a morte do funcionário: “A Shell Brasil confirma, com pesar, o falecimento do funcionário Vagner Franco. Vagner estava desaparecido desde quinta-feira à noite, e a família confirmou sua morte neste domingo”.

Quem tiver informações sobre o paradeiro dos criminosos pode denunciar pela mesa de atendimento do Disque-Denúncia, no telefone (21) 2253-1177, ou aplicativo do órgão; Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados, no contato (21) 98849-6099; pelo facebook (mensagem inbox), no endereço https://www.facebook.com/procurados.org/.

As informações recebidas serão encaminhadas para a DDPA, responsável pelas investigações. O anonimato, ressalta o Disque-Denúncia, é garantido.

Source: http://oglobo.globo.com/rss.xml?completo=true

Loading...