Nova regra sobre participação feminina gera correria na OAB-RJ

O presidente da OAB no Rio de Janeiro, Luciano Bandeira, determinou que todos os eventos, internos e externos, que sejam realizados ou apoiados pela seccional ou por entidades a ela vinculadas, tenham no mínimo 30% de representantes da advocacia feminina na composição das mesas, como debatedoras ou palestrantes.

No primeiro evento realizado após essa determinação, que teve como tema o Direito Desportivo, houve uma correria para incluir mulheres nas mesas de debates sobre futebol, tradicionalmente ocupadas só por homens.


Source: http://feeds.feedburner.com/noticiasveja?format=xml

Loading...