Ministro sugere PF à frente do caso Marielle, mas enfrenta barreiras

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, sugeriu neste domingo (12) em entrevistas à imprensa que a Polícia Federal poderia assumir a investigação sobre o assassinato da vereadora do Rio Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes. Passados cinco meses, a Polícia Civil e o Ministério Público do Rio ainda não conseguiram apresentar uma solução para o caso.
Leia mais (08/12/2018 – 21h54)
Source: http://feeds.folha.uol.com.br/emcimadahora/rss091.xml

Loading...