Macri volta atrás e não vai congelar preços de combustíveis

Apenas 11 horas depois de anunciar medidas para minimizar os efeitos da inflação na Argentina, o presidente Mauricio Macri voltou atrás numa das principais propostas: o congelamento de combustíveis por 90 dias.
 
Segundo comunicado da secretaria de Energia, “a resolução não sairá amanhã no boletim oficial por conta das queixas das petrolíferas, teremos que abrir uma nova rodada de diálogos e continuar conversando”. 
Leia mais (08/14/2019 – 21h27)
Source: http://feeds.folha.uol.com.br/emcimadahora/rss091.xml

Loading...