Irã diz que condenou americano a dez anos de prisão por espionagem

Um tribunal iraniano condenou um estudante de doutorado da Universidade Princeton a dez anos de prisão sob acusação de espionagem, disse um porta-voz do Judiciário do Irã no domingo (16), no mais recente caso envolvendo cidadãos com dupla nacionalidade presos por acusações relacionadas à segurança no país.
Leia mais (07/17/2017 – 09h14)
Fonte: Folha de SP.

Loading...