'Hoje termina um ciclo', dizem familiares das vítimas de Battisti na Itália

Andrea Campagna tinha 24 anos quando foi assassinado pelas costas em Milão, no dia 19 de abril de 1979, pelo grupo de extrema-esquerda PAC (Proletários Armados pelo Comunismo), um dos protagonistas dos chamados anos de chumbo, período em que a Itália enfrentou grupos armados da esquerda e da direita.
Leia mais (01/14/2019 – 12h00)
Source: http://feeds.folha.uol.com.br/emcimadahora/rss091.xml

Loading...