Helicóptero de São Paulo irá auxilar no combate aos incêndios em MS


Um helicóptero do Exército também ajudará no combate as chamas. As duas aeronaves ficarão Aquidauana. Equipe da PM de São Paulo embarcando para ajudar no combate aos incêndios em MS
PMSP/Divulgação
Um helicóptero da Polícia Militar de São Paulo irá ajudar no combate os incêndios em Mato Grosso do Sul. A aeronave saiu da base de Araçatuba na manhã deste domingo (22) com destino ao estado vizinho com dois pilotos, dois tripulantes e um mecânico. O helicóptero está equipado com uma caçamba de combate a incêndio com capacidade de 545 litros de água por lançamento.
O governo de São Paulo informou que a aeronave atende um pedido do governo de Mato Grosso do Sul. De acordo com o tenente-coronel Fernando Carminati do Corpo de Bombeiros, a helicóptero ficará em Aquidauana, a 141 km de Campo Grande.
“O helicóptero vai ser usado para que os bombeiros cheguem em locais de difícil acesso, de mata fechada. Isso vai melhorar bastante o trabalho já que via terrestre se gasta muito tempo para chegar nestas regiões. Além desse, também vamos contar com o apoio de outro helicóptero, do Exército, que já chegou na manhã deste domingo”, disse Carminati.
Bombeiros do Distrito Federal atuando em MS
Cláudia Gaigher/TV Morena
Bombeiros do DF
Um pelotão com 34 bombeiros do Distrito Federal, que chegou ao estado na sexta-feira (20) para ajudar no combate aos incêndios florestais, atuando no centros de comando que ficam em Campo Grande e Aquidauana.
Segundo o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Joilson Alves, os locais foram montados para atender a todas as demandas, sendo a unidade em Aquidauana responsável pelos municípios que decretaram emergência. “Todas as equipes estão empenhadas”, ressaltou.
O envio dos militares atende pedido feito pelo governo de Mato Grosso do Sul, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, do Ministério do Desenvolvimento Regional, logo após o estado decretar situação de emergência. Mais de 1 milhão de hectares já foi destruído pelos incêndios, que atingem principalmente o Pantanal e a Serra da Bodoquena.
Source: http://g1.globo.com/dynamo/rss2.xml

Loading...