Guardas municipais de Londrina presos suspeitos de envolvimento em assassinato são soltos

Eles estão usando tornozeleira eletrônica. Os dois guardas são suspeitos da morte de um adolescente de 16 anos; o crime aconteceu em 2 de outubro. Os dois guardas municipais de Londrina, no norte do Paraná, presos suspeitos de envolvimento em um assassinato foram soltos conforme informou a Polícia Civil na terça-feira (11). Eles tinham sido detidos no dia 5 de novembro.
Agora, os guardas são monitorados com tornozeleira eletrônica. Com a soltura deles, a Polícia Civil ganhou mais prazo para concluir as investigações.
A data em que os dois foram soltos e os nomes dos suspeitos não foram informados pela Polícia Civil, nem pela Guarda Municipal.
O crime
Eles são suspeitos da morte de um adolescente de 16 anos. O crime aconteceu em 2 de outubro, no Jardim Bandeirantes, na zona oeste da cidade.
Na época, os guardas relataram que faziam patrulhamento perto do local do crime quando ouviram disparos e viram um motociclista fugindo. As investigações da Polícia Civil apontaram que os guardas municipais atiraram contra o garoto durante uma abordagem.
Uma testemunha disse que foi coagida por eles. O secretário municipal de Defesa Social, Pedro Ramos, informou que, por enquanto, os guardas vão continuar afastados das funções.
“Nós vamos acatar a manifestação do Juízo no que se refere ao recolhimento de porte de arma, mas nós vamos manter o afastamento administrativo até recebermos as informações e podermos avaliar se é caso de instaurar algum procedimento ou não”, afirmou Pedro Ramos.
Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Source: http://g1.globo.com/dynamo/rss2.xml

Loading...