Frota da Guarda de Campinas perde 12 viaturas e sindicato prevê reflexos no patrulhamento


Prefeitura diz que contrato acabou, nega que serviços serão afetados e aponta que já há licitação em andamento, mas não divulgou prazo para conclusão. Doze viaturas da Guarda Civil Municipal (GCM) de Campinas foram tiradas de operação por causa do fim de um contrato, segundo a prefeitura. O sindicato dos servidores aponta que a redução afetará o patrulhamento. A administração municipal diz que conta com 80 veículos na frota, que não haverá impacto nos serviços e já está em andamento uma licitação para locação de 59 viaturas. Não foi informado, no entanto, um prazo para a disponibilização dessas novas unidades.
“Foi recolhido ontem [segunda-feira] as viaturas, por falta de pagamento [do contrato de locação], e essas viaturas vão fazer uma grande falta”, declarou o coordenador do Sindicato dos Trabalhadores Serviço Público Municipal Campinas (STMC), Jadirson Tadeu Cohen Paranatinga.
Diretor de assuntos jurídicos da entidade, Anderson Carlos dos Santos afirmou que foram retirados de circulação automóveis de grande porte, como SUVs.
“Das grandes, deve ter ficado quatro, que é outro contrato”, afirmou.
Viatura da Guarda Municipal em Campinas: prefeitura diz que locará mais 59 veículos
Cláusivo Tavoloni/EPTV
Ele afirmou que a redução afeta o patrulhamento, principalmente, de áreas periféricas e com maior dificuldade de acesso, onde há vias sem pavimentação ou com trechos acidentados, uma vez que as viaturas de grande porte têm uma melhor estrutura para percorrer esses terrenos.
“Nesse primeiro momento, vai ser notificada a administração, [para saber] qual que é o procedimento que ela vai adotar pra ver se normaliza essa falta de viaturas e, a partir daí, a gente vai ver que atitude tomar”, acrescentou Santos.
Fim de contrato
A prefeitura diz que não é verdade que haja falta de pagamento do aluguel e que ocorreu, na verdade, a devolução por conta do encerramento de um contrato de locação que venceu no último dia 10 de março.
“Nova licitação já está em andamento, prevendo a contratação da locação de 59 viaturas, que deve ser finalizada em breve. Com isso, haverá uma unificação dos contratos de locação, inclusive para atender orientação do Tribunal de Contas, e uma readequação do padrão das viaturas para melhorar a frota, as condições de trabalho e o serviço prestado. Não haverá impacto nos serviços à comunidade, pois a GM conta com 80 veículos na frota e esse período de troca foi planejado”, acrescentou.
A administração ainda comunicou que a licitação está em curso e deve ser finalizada em breve, mas que não é possível dizer uma data para que os novos veículos entrem em circulação, devido a eventuais recursos dos participantes da concorrência.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Source: http://g1.globo.com/dynamo/rss2.xml

Loading...