Festival sobre cultura negra reúne Ilê Aiyê, Panteras Negras, Ryane Leão e outras atrações em Salvador


Evento tem maior parte da programação gratuita e será realizado nos dias 6 e 7 de abril, na Livraria Cultura. Escritora Ryane Leão é uma das atrações do festival sobre cultura negra
Ricardo Prado
O Festival Viva Cultura reúne música, teatro, literatura, atividades infantis e performances especiais nos dias 6 e 7 de abril, na Livraria Cultura, que fica no Shopping salvador, na capital baiana. Com o tema “Cultura Negra – Identidade e Resistência”, o evento terá atrações como a escritora Ryane Leão, o grupo Ilê Aiyê e outros. [Confira a programação completa no final da reportagem].
A maior parte das apresentações é gratuita. O espaço está sujeito a lotação.
A programação começa, no dia 6, com a roda de conversa sobre “A influência africana no Universo Geek”, e terá a arte do grafite ao vivo e cosplay . Para as crianças, haverá um bate-papo sobre a importância da representatividade étnica na literatura infantil, com a poeta Ana Fátima, a escritora Lorena Ribeiro e o escritor Adilson Passos. Também estão previstas atividades infantis e contação de histórias.
À tarde, o Ilê Aiyê, primeiro bloco afro do Brasil, participa de um bate-papo sobre reflexão sobre “Os blocos afros e a literatura”. A roda de conversa também terá a Banda Didá e Bankoma.
A programação do primeiro dia segue com o bate-papo sobre “Escrita preta e identidade”, com Ryane Leão, Rita Santana e Lívia Natália. A cantora Nara Couto e as meninas da Banda Panteras Negras encerram o primeiro dia do festival.
O segundo dia, 7 de abril, começa com uma roda de conversa sobre gastronomia. “A comida ancestral na identidade da cidade” contará com a chef e empreendedora social Lilian Almeida, Angélica do Ajeum, da Diáspora, e Rita Santos, da Associação Nacional das Baianas de Acarajé, Mingau, Receptivos da Bahia (ABAM).
O universo da moda também estará na programação. Renato Carneiro vai falar sobre “Homens Pretos na Moda”. Em seguida, será realizado um desfile com modelos negros, ao som do cantor Seu Vérciah.
Ainda no dia 7, no teatro que fica dentro da livraria, terá a apresentação da peça infantil Sarauzinho da Calu, da escritora e atriz Cassia Valle. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) e podem ser adquiridos no local.
O último dia de festival será encerrado com poesia, na apresentação do Coletivo Zeferinas e do grupo Sarau da onça, além do Samba de Roda do Grupo Barlavento. Durante os intervalos das atividades será oferecida oficina de turbante, bandanas e maquiagem para pele negra.
Confira a programação completa:
SÁBADO (6/04)
13h – Roda de conversa “A INFLUÊNCIA AFRICANA NO UNIVERSO GEEK”, com Alexandre Santos, Ícaro Rodrigues, Zezé Olukemi, Marcelo Vitz, e Lee27. Demonstrações dos jogos, Graffiti e cosplay.

14h30 – Conversa sobre a “IMPORTÂNCIA DA REPRESENTATIVIDADE ÉTNICA NA LITERATURA INFANTIL”, com Adilson Passos, Lorena Ribeiro e Ana Fátima. Haverá também contação de História e oficinas infantis.

15h30 – Bate-papo sobre “OS BLOCOS AFROS E A LITERATURA”, com o Ilê Ayê, Didá e bloco afro Bankoma, seguida de apresentação musical.

17h – Apresentação Musical BaviAiá com Duo B.A.V.I. – Berimbau Aparelhado Violão Inventável e a cantora Aiace.

19H – Bate-papo sobre “ESCRITA PRETA E IDENTIDADE”, com Ryane Leão, Rita Santana e Lívia Natália.

20h30 – Apresentação Musical Nara Couto e a banda Pantera Negras.
DOMINGO (7/04)
13h – Narrativas e diálogos: O saber ancestral com o Coletivo RISOMAR.

14h30 – Roda de conversa “A COMIDA ANCESTRAL NA IDENTIDADE DA CIDADE”, com Rita Maria da ABAM, Tairine Ceuta, apresentadora do programa “Com Sabor” , Angelica Moreira, do Ajeum da Diáspora, e Lilian Almeida, da Casa Dona Lili.

15h30- Sarauzinho da Calu 16h – Bate papo sobre “HOMENS PRETOS NA MODA”, com Renato Carneiro, George Oliveira e Wander da Black, seguido de desfile de moda com as marcas Madame Nalwango, Katuka, Agudá e Black Atitude, ao som do cantor Seu Verciah.

18H – Apresentação do grupo Sarau do onça e o Coletivo Zeferinas.

19H- Apresentação da Drag Negra- Dandara Show

19H30 – Samba de roda do Grupo Barlavento e Samba de Oyá.

Durante os intervalos de cada atração oficina de Bandanas com Madame Nalwango e dicas de maquiagem para a pele negra com a Juliana Calleia
* Programação sujeita à alteração sem aviso prévio.
SERVIÇO
O quê: Festival #VivaCultura
Quando: 6 e 7 de abril
Onde: Livraria Cultura em Salvador
Preço: grátis, exceto algumas peças de teatro
Para saber mais: https://www.livrariacultura.com.br/festival-viva-cultura/salvador
Source: http://g1.globo.com/dynamo/rss2.xml

Loading...