Como escolher o curso de graduação?


Fazer análises de mercado, projeções salariais e avaliar competências é o caminho para uma decisão consciente Se você está lendo esse texto é porque tem incertezas quanto à escolha do curso de graduação. Essa dúvida é compreensível, pois é uma decisão que irá determinar a sua carreira. É provavelmente uma das primeiras resoluções de um jovem que acaba de concluir o ensino médio e caminha em direção a uma vida independente. Aterrorizante, não é?
Algumas pessoas sabem desde cedo qual a sua vocação. Mas a maioria não faz a menor ideia. Se os seus objetivos profissionais não estão claros, não é preciso pânico. A escolha da faculdade e do curso ideal leva tempo e trabalho.
É preciso foco para determinar as prioridades e os objetivos que você tem para a sua vida. O conselho de pais, professores e psicólogos é importante. Mas lembre-se de que quem irá atuar no ramo e sentir as dores e glórias da profissão será você.
Confira a seguir os fatores que devem ser levados em conta na escolha do curso de graduação.
Seus interesses:
Para que os anos de faculdades sejam proveitosos e prazerosos é fundamental que você goste do que estudará. Além disso, é importante se imaginar aplicando os conhecimentos e habilidades adquiridas na graduação no dia a dia de trabalho.
Tenha consciência de que os interesses mudam com o tempo. Então, eles são um guia para a escolha e não um fator que deve ser considerado isoladamente. Outra observação é que os interesses não são excludentes. É possível, por exemplo, gostar de história da arte e fórmulas químicas simultaneamente.
A avaliação dos interesses é uma forma de excluir os caminhos que não fazem sentido para o que você espera da sua vida no longo prazo.
Uma das coisas mais legais do ensino superior são as possibilidades que surgem com o passar dos semestres. Novos interesses surgirão, a vivência com professores e colegas e as experiências em atividades extracurriculares permitirão a aquisição de novas perspectivas e, com o tempo, a certeza de estar no caminho certo tende a se consolidar.
Suas habilidades:
O que você sabe fazer bem? Ao analisar seus pontos fortes, as opções de escolha ficarão mais claras. Verifique seu desempenho durante o ensino médio nas disciplinas cursadas para ter a comprovação de quais áreas você se destaca.
O conselho não é a escolha obrigatória por uma graduação em ciências exatas só porque você tirava boas notas em matemática e física, ou em ciências humanas por causa dos bons resultados com história. É natural o desenvolvimento de novas competências na faculdade. Escolher uma faculdade em uma área de estudo que não reflete suas habilidades pode significar um desestímulo para a conclusão do curso e menor interesse para atuar.
Futura empregabilidade:
Futura empregabilidade
Pexels
A estrutura do mercado de trabalho funciona em ciclos e responde à oferta e demanda. Em determinados períodos, algumas profissões são mais requisitadas que em outros. É importante ter ciência de qual vai ser o cenário enfrentado ao final do curso para que não haja quebra de expectativas.
Pesquise quais são os setores da indústria que estão em ascensão de demanda e quais áreas de atuação possuem menor oferta de mão de obra. Caso o seu desejo seja fazer um curso com alta densidade de formados – como Administração – trabalhe durante a faculdade para desenvolver competências únicas ou se especialize para atender novas demandas do mercado.
Outra dica é a de não focar no título que você terá ao conquistar o diploma e sim em quais competências e habilidades você desenvolverá no trajeto até a formatura. Dessa forma, você garante que estará preparado para as demandas do mercado.
Seu salário
Esse não é um exercício fácil e muito menos preciso. Não temos como prever com exatidão quais serão os ganhos de um aluno ao entrar no mercado de trabalho. Porém, pesquisar a renda média da profissão almejada é uma boa ideia.
O objetivo é o alinhamento de expectativas. Os salários de médicos, engenheiros, empresários, professores, advogados, administradores, jornalistas, publicitários e outras inúmeras profissões são distintos. A equação para a formulação de um contra-cheque é cheia de variáveis e o diploma é só uma delas.
Tenha em mente o estilo de vida almejado e compare com as médias salariais. Esse é outro ponto de partida importante para a escolha do curso de graduação.
Converse com profissionais da área
A última das dicas, mas talvez a mais importante, é a de marcar uma conversa, ou passar o dia, com alguém que atua na carreira que você almeja seguir.
Esclareça suas dúvidas sobre a rotina, dificuldades enfrentadas, alegrias e dores da profissão. Escute todos os relatos de mente a aberta e sem julgamentos. Pondere, também, que a experiência da cada indivíduo é única. Por isso, absorva o que pode te ajudar a fazer uma escolha consciente.
A Ampesc é uma instituição preocupada com o fomento do ensino superior no estado de SC. O canal Admirável Mundo Novo é um centro de informações sobre as faculdades particulares catarinenses e um guia para alunos que estão no dia a dia do ensino superior ou prestes a entrar na sala de aula. Acesse outros conteúdos aqui.
Source: http://g1.globo.com/dynamo/rss2.xml

Loading...