Caso da única sobrevivente da Casa da Morte na ditadura volta a ser analisado na Justiça

Um dos casos mais emblemáticos de tortura na ditadura militar voltará a ser analisado pelo TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região) nesta quarta (14): nele, um sargento reformado é acusado de sequestrar e estuprar Inês Etienne Romeu na Casa da Morte, em Petrópolis, no Rio, na década de 1970.
Leia mais (08/14/2019 – 02h01)
Source: http://feeds.folha.uol.com.br/emcimadahora/rss091.xml

Loading...