Aposentadoria de Celso de Mello entra no jogo pró-segunda instância

O Supremo Tribunal Federal sepultou a prisão em segunda instância. O cadáver nem esfriou e já tem gente planejando a exumação.

Entre integrantes da Lava-Jato, a leitura é a seguinte: o decano Celso de Mello vai pendurar a toga em novembro do ano que vem. Com isso, a turma aposta que Jair Bolsonaro terá disposição para escolher um ministro que vote a favor da prisão em segunda instância. Aí é só julgar de novo e… pronto.

A mudança no colegiado não deveria fazer a Corte Suprema mudar jurisprudência como quem troca de roupa, mas isso já ocorreu nos governos petistas e sempre poderá acontecer de novo.


Source: http://feeds.feedburner.com/noticiasveja?format=xml

Loading...